Galaxy | Blog da NoteTec | Página 2
Tags Posts tagged with "Galaxy"

Galaxy

0 862
S7 Camera

As câmeras dos novos Galaxy S7 Edge e Galaxy S7 chegaram para revolucionar o conceito da evolução e tecnologia no mercado mobile.

Os aparelhos chegaram ao mercado nacional em março de 2016 com preços a partir de R$ 3.500. Desde então, o S7 se transformou em uma boa alternativa para aqueles que estavam em busca de um smartphone com processador de qualidade e a possibilidade de fazer as melhores fotos sem a necessidade de uma câmera profissional.

Entre todas as caraterísticas do novo Galaxy, sem dúvidas a câmera potente foi o mais chamou a atenção dos consumidores. Afinal, a marca conseguiu reunir funções, sensores e lentes extremamente poderosas.

Acompanhe este artigo até o fim e saiba tudo sobre o assunto!

Menos pixels e qualidade superior

Á princípio, muitos tiveram receio com a câmera do Galaxy S7 e do Galaxy S7 Edge. Esse medo foi baseado no fato de que, diferentemente da sua versão anterior, que contava com 16 megapixels, o S7 agora traz uma câmera com apenas 12 MP. Entretanto, embora tenha menos megapixels do que o esperado, a verdade é que a qualidade do S7 é realmente muito superior.

Essa nova geração de câmeras tem capacidade de produzir imagens com pixels bem maiores do que as versões antigas. Somado à característica de que a abertura da lente também é maior do que no S6, o resultado de tudo isso é uma tecnologia que permite a captura de imagens muito mais iluminadas e definidas, ainda que o ambiente fotografado tenha pouca luz.

Sua performance com pouca luz na realidade é uma das mais impressionantes no mercado atual de celulares.

Sensores e tecnologia

No S7, os sensores fotográficos foram fabricados com uma tecnologia chamada de Dual Pixel, que associa dois diodos à um mesmo pixel.

Isso não faz sentido para você? Então basta saber que os diodos são um tipo de estrutura microscópica que, quando unidas, formam o sensor. Geralmente, cada diodo é responsável por apenas um pixel. Sendo assim, a associação de duas dessas microestruturas a um só pixel é novidade.

Na tecnologia Dual Pixel, enquanto um diodo registra a imagem, o outro trabalha no foco. Isso faz com que a câmera S7 tenha muito mais velocidade e precisão de foco do que em outros aparelhos com técnicas sensoriais convencionais.

Lentes poderosas

O S7 e o S7 Edge possuem lentes de 26 mm. Essas lentes contam com uma distância focal mínima de 6 cm e faixa de ISO que vai de 50 a 1250, de acordo com a Samsung.

Apesar de, aparentemente, ser uma lente sem grandes novidades, essa história muda quando analisamos a tecnologia por trás do funcionamento do foco automático da câmera. Agora que você já sabe como é o sistema Dual Pixel, não é difícil perceber que a câmera do S7 é infinitamente mais ágil na definição do ponto focal automático, seja ele em vídeo ou foto.

Além das características citadas até aqui, a câmera do S7 conta com outros recursos inovadores. A gravação de vídeo em resolução 4K a 30 fps (quadros por segundo), o disparo contínuo e a captura de fotos em movimento são alguns exemplos.

S7 Camera

Funcionalidade e praticidade em dois apertares de um botão

A câmera do Galaxy S7 e S7 Edge possuem um prático atalho, somente apertando duas vezes o botão de você já poderá abrir o aplicativo que controla a câmera, sem que você precise fechar outros aplicativos antes, permitindo agilidade para aquelas fotos de momentos bem específicos.

Assim que aberto, um simples toque na tela permitirá que você tire a foto que desejar. O botão de volume também permite que você tire fotos, porém essa configuração pode ser alterada. As teclas de volume podem ser configuradas para funcionarem como o zoom ou também começar a gravar ao invés de tirar fotos.

Apesar dos diversos modos de câmera que a Samsung possui surpreenderem, seu modo automático padrão não deixa nada a desejar. É a melhor alternativa para quem quer simplesmente tirar uma foto simples. E essa qualidade persiste e até mesmo melhora quando se ativa o modo HD, conseguindo tirar as melhores fotos até com pouca luz ambiente.

Pro mode do Galaxy S7

É impressionante como tantos detalhes foram pensados sobre a câmera do Galaxy S7. A Samsung implementou o Pro Mode em seu software de câmera, que permite uma amplitude de controle de diversos aspectos diferentes da câmera.

Contraste, brilho e matriz são somente alguns dos pontos controláveis no modo profissional disponibilizado tanto no S7 quanto no S7 Edge. Com esse modo você pode até controlar a velocidade de obturação de seu celular.

Além disso, você pode optar por salvar as fotos tiradas como arquivos não compressos, para que toda a qualidade da imagem seja mantida.

Variedade de outros modos

A Samsung não se limitou somente no “Pro mode” para a câmera, e incluiu diversas outras funcionalidades em seu software de câmera, além de conter os modos mais leais dentro do software, como os famosos modos de foco seletivo, panorâmico e filmagem em câmera lenta.

Novos modos de câmera se juntaram aos antigos, dentre eles temos o modo Comida e Hiperlápse.

O modo Comida te prove um filtro que acentua melhor suas aventuras culinárias com uma facilidade maior, enquanto o Hiperlápse provê mais estabilidade e visibilidade em vídeos de time-lapse (vídeos que mostram longos períodos de tempo muito mais rápido), sem que você sofra com um aumento de tamanho de arquivos.

A Samsung também adicionou as modalidades motion picture e motion panorama no arsenal da câmera do S7. Essas modalidades são os equivalentes ao Live Photos, introduzida pela Apple no iPhone 6S, porém a rival Sul Coreana promete muito mais.

A qualidade de imagem do Galaxy S7 já é muito superior, possuindo cores muito mais vibrantes. A possibilidade de captar detalhes, mesmo com a diminuição dos megapixels é impressionante, e a capacidade de captação de luz tanto em ambientes iluminados quanto em ambientes muito escuros é certamente um dos diferenciais da câmera desse celular.

Um detalhe inovador é também o flash frontal, para aquelas selfies ficarem muito mas bem iluminadas, e não dependerem de luzes externas.

0 500
Galaxy S versões Edge

Uma marca registrada dos modelos Edge, da gigante da tecnologia Samsung, é a tela curvada nas laterais, que também foi incorporada, recentemente, no aparelho Galaxy Note 7.

Porém, de acordo com Koh Dong-jin, que é o atual diretor da divisão móvel da marca, em entrevista concedida ao Korean Times, todos os smartphones lançados pela linha S, num futuro próximo, deverão, também, ter seus modelos apenas na versão Edge.

Mas por que os próximos modelos serão fabricados na versão Edge? Aparentemente, os usuários dos smartphones da marca que adquiriram aparelhos que possuem essa versão, com a tela com leve curvatura em ambos os lados, gostaram muito devido às suas funcionalidades extra.

O único problema da Samsung ao obter uma margem de lucros maior foi devido as dificuldades de manufatura, que tornaram um tanto quanto impossível acompanhar a demanda pelos dispositivos que possuíam essa característica.

Por que adaptar os novos smartphones da linha S apenas a versão Edge?

O diretor afirma que, mesmo com as dificuldades de manufatura encontradas durante a produção e demanda dos produtos, fabricá-los, agora, somente nessa versão, pode ser uma boa aposta, devido, justamente, à alta procura pelos modelos, o que diminui, mesmo que pouco, a procura pelo modelo tradicional.

Além dessa demanda, a Samsung está enfrentando uma nova e grande gama de concorrentes de fabricantes provindos da China, sendo que, quanto mais inovação seus aparelhos possuírem, mais fácil será a competição contra esses gigantes que entram no mercado.

Entretanto, Koh não deixou explícito o momento que a mudança poderá ocorrer, sendo que não se sabe se o modelo a ser lançado em 2017, o Galaxy S8, terá essa característica.

As necessidades de adaptação do novo modelo

Galaxy S terá apenas versões Edge

Mesmo que o modelo Edge faça um grande sucesso entre o público, ele ainda terá algumas dificuldades na sua produção. O diretor da marca afirmou, também, que os programadores deverão pensar em desenvolver aplicativos e funcionalidades específicas para o modelo.

Ou seja, não adiantar apostar no modelo caso não haja mudanças significativas para o usuário além da curvatura da sua tela, sendo que o comprador poderá adquirir um modelo similar por preço mais acessível com as mesmas características e nenhum diferencial.

Aplicativos que aproveitem dessa mudança devem ser a grande aposta dos programadores. Caso eles sejam mal aproveitados e não tragam nenhuma experiência diferenciada aos usuários, pode ser um fracasso tanto nas vendas quanto para os concorrentes.

Os possíveis smartphones dobráveis

Outra tecnologia que deve ser explorada pela Samsung é a de acrescentar telefones flexíveis que podem ser dobrados a sua linha de produtos. Porém, ainda segundo o diretor, essa tecnologia também não está pronta para ser utilizada.

Então, no ano de 2017, os aparelhos ainda não possuirão a tela dobrável ou flexibilidade, pois a tecnologia deve ser melhor explorada. Porém, a intenção de que a marca seja a pioneira nesse segmento ainda está de pé.

E você, o que acha das possíveis mudanças dos smartphones da Samsung? Acha as mudanças realmente necessárias para a melhor interação do usuário?